Professores da UEMG realizam protesto

Um grupo de professores da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) realizou na noite de quinta-feira (14), um protesto às imediações da casa do governador Romeu Zema para pedir valorização da categoria.

Eles cobraram, por exemplo, o pagamento do 13º salário de 2019, que, segundo a Associação dos Docentes da UEMG (Aduemg), ainda não foi pago a 80% dos educadores da UEMG.

A UEMG informou que “não recebeu dos órgãos de governo informações sobre os pagamentos aos professores, situação vivenciada também por diversas outras carreiras”.

Com relação ao teletrabalho e projetos relacionados ao enfrentamento da COVID-19, a UEMG esclareceu que “segue incentivando e trabalhando para auxiliar nossa população nesse momento de grande dificuldade”.

Também pontuou que “a comunidade acadêmica está envolvida em diversos projetos de pesquisa e extensão, como produção de máscaras, produção de álcool em gel, ações comunitárias, preparação de estruturas para realização de testes do coronavírus, entre outros”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *