Técnica de enfermagem é a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 em Capinópolis

Juliana Raquel de Souza, técnica de enfermagem, que atua no Hospital Municipal FAEPU, é a primeira pessoa imunizada contra a Covid-19 em Capinópolis. A tão aguardada vacina chegou ao PSF do Bairro Recanto das Acácias no final da tarde desta terça-feira (19).

A chegada da vacina é uma boa notícia, no dia que Capinópolis contabilizou 799 casos confirmados de Covid-19 e a 11ª morte em decorrência da doença.

O transporte das doses da CoronaVac, produzidas pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, teve o apoio da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG).

O aguardado momento da vacinação, foi acompanhado de perto pelo prefeito, Cleidimar Zanotto; pelo vice-prefeito, Jaisson; pelo secretário de saúde, Giovani Mafioleti e por colaboradores do setor da saúde.

A Gerência Regional de Saúde (GRS), localizada em Ituiutaba, recebeu 3.360 doses da vacina Coronavac. As doses foram distribuídas proporcionalmente entre os nove municípios da regional: Ituiutaba, Capinópolis, Campina Verde, Centralina, Canápolis, Santa Vitória, Gurinhatã, Ipiaçu e Cachoeira Dourada.

Juliana, após receber a vacina, ressaltou que é uma sensação de alívio, por saber que esta imunizada. “Agradeço, primeiramente, a Deus, e também ao secretário de saúde, juntamente com o prefeito. Quero dizer a todos que a vacina não dói”, destacou Juliana, que deve receber outra dose da vacina dentro de 14 dias.

Nesta primeira etapa, apenas 46 doses da vacina chegaram à Capinópolis. O secretário, Giovani Mafioleti destacou os grupos que receberão a vacina nesta primeira fase. “Hoje, estamos recebendo algumas doses. Infelizmente, é um número bem pequeno, são 46 doses apenas. Nós vamos dar prioridade à equipe de enfrentamento ao Covid que trabalha dentro do isolamento do hospital, são profissionais da saúde que estão lá em contato direto com pessoas positivas (que testaram positivo para Covid-19). E também, aos idosos que estão em abrigos”, pontuou o secretário.

O prefeito Cleidimar Zanotto ressaltou a importância da vacina como um sinal de esperança. “A luz está começando a brilhar em nossa cidade. Deus está nos abençoando, cada momento, é um momento de fé, de esperança. A gente quer que a população entenda que, nesse momento, não é possível  vacinar todo mundo (primeira fase), mas vai chegar o momento que todos serão vacinados”, disse o prefeito.

A chegada da vacina em toda a região do Pontal do Triângulo leva esperança de novos tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *