COVID-19: governo de Minas estende onda roxa em 826 cidades até 11 de abril

Medida foi anunciada no início da tarde desta quarta pela administração estadual; apenas municípios da macrorregião Triângulo do Norte podem afrouxar restrições.


Apenas as 27 cidades da macrorregião de saúde Triângulo do Norte avançam, a partir da próxima segunda-feira, à ‘onda vermelha’ do programa Minas Consciente, que estabelece normas para isolamento social no estado. A decisão foi tomada em reunião do Comitê Extraordinário COVID-19 do governo mineiro nesta quarta-feira.

Compõem a macrorregião os seguintes municípios: Uberlândia, Araguari, Ituiutaba, Patrocínio, Monte Carmelo, Coromandel, Prata, Tupaciguara, Monte Alegre de Minas, Campina Verde, Santa Vitória, Capinópolis, Nova Ponte, Canápolis, Centralina, Estrela do Sul, Abadia dos Dourados, Iraí de Minas, Indianópolis, Araporã, Gurinhatã, Ipiaçu, Romaria, Cascalho Rico, Cachoeira Dourada, Douradoquara e Grupiara.

“Após aderir à onda roxa, a macrorregião Triângulo do Norte apresentou melhora em todos os indicadores relacionados à COVID-19 e pode avançar para a onda vermelha. As outras localidades ainda não apresentaram uma queda sustentada na taxa de óbitos e de ocupação em leitos de UTI e, por isso, deverão seguir as medidas mais restritivas pelo menos até 11 de abril”, anunciou o governo.

O governo se baseia em parâmetros epidemiológicos (número de novos casos e mortes, índice de disseminação do vírus e ocupação de leitos) para tomar as decisões. As outras 826 cidades mineiras, que compõem 13 das 14 macrorregiões de saúde do estado, ainda não apresentam condições, na avaliação dos especialistas, de afrouxarem as medidas restritivas.
“Tivemos mais uma semana de recorde, tanto no Brasil quanto em Minas. Infelizmente, os números de óbitos e a taxa de ocupação de leitos está subindo na maior parte das regiões. Seguimos com os esforços para ampliar leitos, apesar da falta de recursos, principalmente humanos, e, mais recentemente, de insumos. Contamos com o apoio da população para superarmos essa fase o quanto antes”, afirmou o governador Romeu Zema (Novo), durante a reunião com o comitê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *