Defensora pública apresenta projeto de rede de proteção à violência doméstica e abuso sexual em Ituiutaba

A defensora pública Mônica Alves da Costa, em atuação na Defensoria Pública em Ituiutaba, apresentou na segunda-feira (23/8) o Projeto Família sem Violência – Rede de Proteção de Ituiutaba, que está sendo desenvolvido pela Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) em parceria com outras instituições.

A exposição aconteceu durante o lançamento da Operação Maria da Penha, da Polícia Militar de Minas Gerais, que teve início na Praça Conego Ângelo Tardio Bruno e foi finalizado na Sessão Ordinária da Câmara Municipal, ambos em Ituiutaba.

A defensora pública Mônica da Costa participa do lançamento da Operação Maria da Penha, pela Polícia Militar, em Ituiutaba.

O Família sem Violência é uma ação conjunta da DPMG com as instituições que compõem a rede proteção à mulher em situação de violência doméstica, como a Delegacia da Mulher, Secretaria de Desenvolvimento Social, Creas, Conselho Tutelar, Serviço Social da UFU-Campus Pontal, ONG Coração Acolhedor, Polícia Militar de Minas Gerais e o Ministério Público.

A iniciativa de Ituiutaba tem como objetivo formalizar, dar efetividade e conhecimento geral da rede de proteção e amparo à mulher em situação de violência doméstica e familiar, além de criança e adolescente vítimas de abuso.

Para isso, reuniões são realizadas com as instituições da rede, de forma que cada uma possa conhecer o trabalho desenvolvido pela outra, e assim, agilizar o atendimento e realizar com eficiência os encaminhamentos que se fizerem necessários, evitando-se que a mulher seja revitimizada.

Também está sendo elaborada cartilha voltada para as mulheres em situação de violência residentes em Ituiutaba, com endereço, horário de atendimento e prestação de serviço de cada órgão da rede.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *