COLUNA MG

Rede de Notícias do Sindijori MG

www.sindijorimg.com.br

Alunos voltam às escolas em Juiz de Fora

Em pouco mais de duas semanas, cerca de 45 mil alunos que integram a Rede Municipal de Ensino de Juiz de Fora retornarão às aulas presenciais nas 101 escolas pertencentes ao Município e nas 46 creches parceiras, que contam com trabalho desenvolvido por aproximadamente cinco mil profissionais de educação. A definição pela retomada das atividades e o início do ano letivo no próximo dia 7 foi anunciada na última semana. De acordo com comunicado emitido pela PJF, a volta às aulas se dará no modelo presencial não facultativo. Assim, a presença dos alunos da rede municipal nas salas de aula volta a ser obrigatória na cidade. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

402 cidades atingidas pela chuva

O número de cidades mineiras em situação de emergência devido às chuvas intensas das últimas semanas chegou a 402 neste fim de semana, conforme boletim divulgado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec/MG). Ao todo, 48.607 pessoas foram desalojadas e outras 7.735 estão desabrigadas. Também foram registradas 25 mortes em decorrência das chuvas. Nesta semana, o governador Romeu Zema lançou o plano Recupera Minas, que deve destinar R$603 milhões em recursos estaduais para medidas imediatas ou de rápida implementação. (Jornal Panorama – Baependi)

Prazo para limpeza de lotes

A prefeitura de Conselheiro Lafaiete publicou o Edital de Ordem 2022. Isso significa que os proprietários de lotes vagos particulares urbanos terão que providenciar a limpeza, cercamento e passeio dos mesmos. O prazo para realizar a limpeza é de 15 dias. Quanto ao muro (ou tela) e passeio, o proprietário poderá solicitar até 120 dias para execução dos serviços. Segundo a Lei 5.875/2017, o valor da multa é de 5% do valor venal do lote (lançado no sistema de IPTU), podendo o proprietário receber uma segunda multa de mais 5% referente à falta de cercamento (muro ou tela) e ou passeio. (Jornal Correio – Conselheiro Lafaiete)

Guerra jurídica por aterro sanitário

O município de Bom Jesus do Galho obteve decisão liminar favorável e em regime de urgência em desfavor do município de Caratinga destinada a proibir o município vizinho a recusar os resíduos sólidos urbanos provenientes de Bom Jesus do Galho, autor da ação, sob pena de multa, a ser fixada, bem como responder a pessoa física do prefeito de Caratinga por crime de desobediência e também multa, a ser fixada, até decisão em contrário. Em uma segunda decisão proferida neste fim de semana, o juiz Consuelo Silveira Neto, no plantão da Comarca de Caratinga, determinou a intimação do representante local da empresa que administra o aterro sanitário, a receber as cargas de lixo urbano enviadas por Bom Jesus do Galho. (Diário do Aço – Ipatinga)

Cadastro para castração animal

            O Cadastro do Programa Municipal de Castração Animal de Poços de Caldas retorna na segunda-feira, 24, no prédio da Secretaria Municipal de Saúde, na rua Pará, localizada na região central da cidade. O atendimento será nas segundas e terças, a partir das 8h, com 40 senhas disponíveis por dia. A senha é separada por animal e é permitido no máximo duas senhas por pessoa. Os protocolos de segurança, com distanciamento entre pessoas na fila, disponibilização de álcool em gel, medição de temperatura e será permitido somente a quantidade de pessoas na sala de acordo com a capacidade do local, serão seguidos. (Jornal da Cidade – Poços de Caldas)

Busão social atende moradores

Moradores do bairro Santa Mônica em Uberlândia terão a oportunidade de aproveitar os serviços oferecidos pelo Busão Social da Prefeitura, que vai atender a população na praça Américo Ferreira de Abreu, das 12h às 16h30, a partir desta segunda-feira, 24. O ônibus itinerante da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth) permanece no local até a próxima sexta-feira, 28. O projeto percorre a cidade com equipes do setor de assistência social da Sedesth, que orientam a comunidade sobre inserção em serviços, programas, projetos e benefícios, além de fornecer encaminhamentos para solucionar demandas apresentadas pelos moradores. (Diário de Uberlândia)

Municípios querem usina solar

A Associação Pública dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Consórcio Ameg) realizou, na última semana, em sua sede em Passos, a 182ª Assembleia Geral Ordinária. Em destaque na pauta, a explosão de casos confirmados de covid-19, a necessidade de abertura de novos leitos de UTI para a região. Na ocasião o novo presidente da entidade, Filipe Carielo, apresentou a proposta de criação de uma Usina Fotovoltaica para a AMEG e a criação de frotas de carros elétricos para transporte de pacientes que fazem tratamento fora de domicílio. Outra proposta apresentada durante o encontro foi a criação do Prêmio de Boas Práticas em Gestão na Microrregião do Médio Rio Grande. (A Folha Regional – Muzambinho)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.