FIEMG Pontal realiza encontro com a Cemig para debater eficiência energética

Evento “Lado a Lado – Energia da Indústria” foi uma oportunidade para as empresas apresentarem suas demandas de qualidade, expansão e conexão ao sistema de energia

Eficiência energética é um dos principais focos de atenção das empresas instaladas no Pontal Mineiro. Diante da demanda, a FIEMG Pontal, por meio da Câmara da Indústria da Energia, promoveu na última terça-feira, 15, em sua sede em Ituiutaba, o evento “Lado a Lado – Energia da Indústria” em parceria com a CEMIG para oportunizar a apresentação de demandas dos associados à direção da Companhia.

O presidente do SINCOTAP, Ivan Abrão Filho, representando o vice-presidente da FIEMG Pontal Roberto Revelino, agradeceu a presença de todos e parabenizou a iniciativa. “O diálogo entre a entidade e a CEMIG aproxima prestadores de serviços e clientes, apresentando sua proposta de investimentos e buscando atender rapidamente suas demandas. Isso reforça o compromisso da CEMIG com a sociedade”, disse.

Dentre os principais assuntos debatidos durante o evento, estiveram as constantes quedas de energia, atendimento, obras na rede e a necessidade de investimentos em qualidade de energia, expansão e conexão ao sistema elétrico.

O representante da Nestlé Unidade Ituiutaba, Fernando Carvalho, ressaltou as dificuldades enfrentadas com o grande número de desligamentos de energia registrados anualmente, principalmente, por a empresa se tratar de uma indústria de alimentos perecíveis. “A perda financeira é muito grande. É preciso trabalhar para evitar a reincidência de fatos como o apagão de 2021, registrado em Avantiguara, situação que tem feito com que as empresas tenham quem investir em geradores, sendo um retrocesso, pois a concessionária não tem garantido estabilidade. Estamos trabalhando para aumentar a capacidade de produção da fábrica de Ituiutaba e, para isso, estamos aumentando nossa demanda. A iniciativa da CEMIG de nos ouvir é positiva e acreditamos que o futuro seja de concretização dos investimentos necessários, com benefícios para os projetos de expansão das empresas”, opinou.

O empresário Ronaldo Queiroz de Carvalho, representante da JR Indústria de Plástico, instalada no Distrito Industrial Antônio Baduy, usou a palavra para pontuar que o local onde sua empresa e diversas outras estão situadas apresenta quedas mensais de energia. “Nosso trabalho é diuturno, mantido por 24 horas. E se perguntarem se estou satisfeito com o serviço oferecido hoje pela CEMIG, não estou. Hoje temos que ficar procurando agentes para auxiliar na tratativa dos problemas, merecemos mais atenção”, afirmou.

Eronides Alves de Oliveira, representante da Eletrotil, reconheceu os valores da CEMIG enquanto empresa, mas alertou que se as melhorias de configuração da empresa na região não foram feitas. “Em meu nome e dos demais aqui, melhorem esse atendimento, invista em soluções rápidas e eficazes, o atendimento da CEMIG é o pior problema. Sendo necessário que volte a central de atendimento presencial na cidade de Ituiutaba, sendo esta um município central do Pontal”.  

Também presente no evento, o sócio proprietário da indústria de Cerâmica Ituiutaba e secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e presidente da ACII, Mário Jacob Júnior, falou aos presentes relembrou a queda de energia de grande duração, 36 horas, registrada em outubro de 2021 e questionou a possibilidade de acelerar os investimentos previstos para segurança energética na região. “Precisamos ter esse contato mais próximo com a CEMIG, às demandas são muitas e nós, enquanto empresários, representantes de entidades de classe e do setor público na linha de frente, precisaram melhorar a capacidade produtiva, para diminuir os entraves dos interesses de novas indústrias para região, por isso nossas demandas precisam ser ouvidas e atendidas”, concluiu.

Blunio Elias da Silva, Engenheiro Eletricista da CEMIG, pontuou que a Companhia dará maior agilidade às demandas e que fará o encaminhamento aos responsáveis para, em breve, dar um feedback aos empresários. “Estamos à disposição dos industriários do Pontal Mineiro, de fato o passado registrou morosidade na entrega dos investimentos e estamos trabalhando para mudar essa história na região. Melhorias estão sendo feitas em todos os departamentos e providências serão tomadas a partir do recebimento destas importantes demandas”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.