Governo de Goiás lança concurso público com 1.670 vagas para Polícia Militar

A Redação

Goiânia – 
O Governo de Goiás publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (8/4) os editais para realização de concurso público com 1.670 vagas para a Polícia Militar. Os salários estão entre R$ 6.353,13 e R$ 13.901,80 e contemplam cargos de cadete, 2º tenente e soldado. É o primeiro dos quatro certames previstos para este ano na área da Segurança Pública. 

 Os editais visam o preenchimento de 100 vagas para o cargo de cadete, com salário inicial de R$ 8.433,73; 50 vagas para 2º tenente (médico, odontólogo e psicólogo), cujo vencimento é R$ 13.901,80; e traz 1.520 oportunidades para soldado (20 para músico e 1,5 mil para combatente). Neste caso, a remuneração de início de carreira é R$ 6.353,13.

 O período de inscrições para o cargo de soldado vai de 29 de abril a 30 de maio, sendo que as provas discursiva e objetiva ocorrem no dia 10 de julho. Já para cadete e 2º tenente, os interessados devem se inscrever de 4 de maio a 6 de junho, com avaliações a serem aplicadas nos dias 17 e 24 de julho.

  Além das provas, haverá testes de aptidão física e de habilidade específica; avaliação médica e odontológica; e avaliações psicológica e de vida pregressa. A previsão de publicação do resultado final e consequente nomeação é março de 2023. O Instituto AOCP é o responsável pelo concurso público (www.institutoaocp.org.br). 

Mais concursosComo anunciado no início do ano pelo governador Ronaldo Caiado, o Estado planeja abrir nove concursos públicos ao longo de 2022, com a oferta de quase 9 mil vagas nas mais diversas áreas. Dois certames já estão em andamento – Administração e Infraestrutura – e outros em fase de planejamento – Educação e Meio Ambiente. A Segurança Pública deve lançar outros editais com cerca de 1,7 mil vagas, o que vai somar 3.375 oportunidades neste ano.

 Além do certame da Polícia Militar, que abrirá inscrições neste mês, estão previstas 612 vagas para o Corpo de Bombeiros Militar (CBMGO) e, no âmbito da Delegacia-Geral da Polícia Civil (DGPC), 864 oportunidades distribuídas entre delegados, agentes, escrivães e papiloscopistas. Haverá ainda a contratação de auxiliares de autópsia, peritos e médicos legistas para a Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC), totalizando 229 vagas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.