Google anuncia investimentos de US$ 9,5 bilhões em escritórios e data centers nos EUA

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (13), o Google informou que planeja investir cerca de US$ 9,5 bilhões nos escritórios e data centers nos Estados Unidos ainda este ano, superando os US$ 7,5 bilhões investidos em 2021. A meta da gigante das buscas é criar pelo menos 12.000 empregos em tempo integral, concentrando nos data centers em vários estados, o que inclui Nevada, Nebraska e Virgínia. 

Expansões focam no trabalho presencial 

Contrariando a tendência da maioria das empresas de tecnologia, a nova expansão do Google, empresa de propriedade da Alphabet, é uma sinalização de que a companhia quer os colaboradores de volta aos escritórios, como diz o próprio comunicado. 

“Pode parecer contra-intuitivo aumentar nosso investimento em escritórios físicos, mesmo quando adotamos mais flexibilidade na forma como trabalhamos. No entanto, acreditamos que é mais importante do que nunca investir em nossos campos físicos”. 

O Google está em um esforço concentrado para trazer de volta seus funcionários para os escritórios nos Estados Unidos, Reino Unido e Ásia-Pacífico. Por enquanto,  o expediente no escritório é de três dias por semana. Trata-se do primeiro passo para possivelmente encerrar a atuação remota imposta pela pandemia de coronavírus. 

Foco no auxílio a moradias para funcionários

O Google continuará investindo em escritórios em seu estado natal, a Califórnia, apoiando iniciativas de habitação a preços acessíveis na Bay Area, como parte de seu compromisso de US$ 1 bilhão em moradias para os colaboradores. 

No ano passado, a gigante das buscas ajudou a fornecer US$ 617 bilhões em atividade econômica para empresas, criadores e desenvolvedores dos EUA, de acordo com seu relatório de impacto econômico de 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.