Prefeitura de Ituiutaba inicia Mutirão de Limpeza contra a Dengue e outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti

Ação será mantida até o dia 5 de fevereiro e equipes percorrerão 25 bairros

A Prefeitura de Ituiutaba, através da Secretaria de Saúde, com apoio do Departamento de Vigilância Epidemiológica e do Programa Municipal de Combate à Dengue, Zika e Chikungunya, iniciou na manhã desta segunda-feita (25), o Mutirão de Limpeza, uma das ações já planejadas para o enfrentamento ao Aedes aegypti no município.

O coordenador do Programa Municipal de Combate à Dengue, Zika e Chikungunya, Paulo Sérgio de Oliveira, informou que foi empenhada uma equipe para atuação no Bairro Progresso e outra equipe foi enviada para desenvolver o trabalho nos Bairros Inocêncio Franco e Portal dos Ipês. No período da tarde, uma das equipes passará pelo Bairro Progresso.

A ação será mantida até 5 de fevereiro, com equipes percorrendo residências em diversos bairros de Ituiutaba.  Confira a programação do Mutirão!

Equipe 1: dia 25 – Residencial Inocêncio Franco e Residencial Portal dos Ipês; dia 26 – Residencial Buritis e Nadime Derze; dia 27 – Residencial Canaã e Gilca Vilela Cancella; dia 28 – Eldorado; dia 29 – Jardim do Rosário; dia 1/2 – Independência; dia 2 – Tupã e Nova Ituiutaba; dia 3 – Santa Maria; dia 5 – Setor Sul.

Equipe 2: dia 25 – Progresso; dia 26 – Bela Vista; dia 27 – Ipiranga; dia 28 – Maria Vilela; dia 29 – Gardênia; dia 1/2 – Satélite Andradina; dia 2 – Alvorada; dia 3 – Lagoa Azul I e Residencial Camilo Chaves; dia 4 – Residencial Cidade Jardim e Residencial Carlos Dias Leite; dia 5 – Jerônimo Mendonça.

Preocupação

Na última semana, o Departamento de Vigilância Epidemiológica divulgou o resultado do Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti – LIRAa, após estudo feito em 64 bairros do município, com obtenção de informações a partir de visitas em 2.452 imóveis. O trabalho de análise foi feito entre os dias 4 e 8 de janeiro de 2021 e o resultado do LIRAa foi de 7,1%, considerado de alto risco, com a necessidade de que a população tijucana adote medidas que combatam a proliferação do mosquito, principalmente, no interior das residências.

Conforme os dados, os dez bairros com maior Índice de Infestação Predial foram: Distrito Industrial (40%); Residencial Inocêncio Franco (36,36%); Mirim (33,33%); Jardim Europa II (30,76%); Residencial Carlos Dias Leite (24%); Setor Norte Industrial (20%); Eldorado (18,51%); Gardênia (17,64%); Maria Vilela (15%) e Nadime Derze (14,54%). Vale ressaltar que a situação é de extrema preocupação nesse e em pelo menos outros 37 bairros do município que apresentaram índices alarmantes, sendo necessária a conscientização dos moradores e dos proprietários de imóveis de todas as regiões na prestação de apoio para a eliminação de locais que acumulam água e são utilizados pelo Aedes, mosquito transmissor das doenças.

O período de pandemia é ideal para que as pessoas redobrem as ações de cuidado com a eliminação de possíveis focos que servem de abrigo para o mosquito, pois a necessidade de se respeitar o distanciamento social resulta em maior tempo das pessoas em suas casas, sendo que alguns minutos dispensados por dia, resultam em grande diferença, com significância no controle da proliferação de doenças como dengue, entre outras, transmitidas pelo Aedes aegypti.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *