PCMG prende suspeito de estelionato e apreende R$ 5 mil em produtos

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em flagrante um homem, de 29 anos, pela prática do crime de estelionato, em Ituiutaba, Triângulo Mineiro, nessa segunda-feira (29/11). Ele foi surpreendido pela equipe de investigadores ao receber uma entrega de mercadoria, no valor aproximado de R$5 mil. As peças de vestuário, compradas com cartões de terceiros, de forma fraudulenta, foram apreendidas.

O delegado regional Luiz Antônio Minas conta que a própria loja desconfiou se tratar de golpe. “Segundo repassado à PCMG, o suspeito chegou a fazer duas compras on-line, no último dia 24, por meio de pagamento eletrônico. Na primeira vez, houve algumas tentativas de finalização do pedido, porém com os dados bancários informados houve quatro recusas, até que, na quinta tentativa, usando outro cartão, foi possível concluir”, detalha ao pontuar que a opção do cliente foi a entrega por transportadora.

Ainda de acordo com Luiz Minas, passado algum tempo, a mesma pessoa efetuou nova compra com um terceiro cartão e solicitou que o estabelecimento enviasse os produtos para o endereço informado, porém se referia a um imóvel abandonado e o entregador retornou com as mercadorias para a loja. “Em contato com a loja, o homem disse que um mototaxista acionado por ele buscaria a encomenda, com destino ao bairro Pirapitinga, para onde os policiais civis se deslocaram”, informa.

Abordagem

No endereço da entrega, a equipe da Polícia Civil abordou o responsável pelo recebimento. O homem foi identificado, inclusive o nome dele era diferente ao informado para a aquisição dos produtos, e confessou os fatos. “No local, os investigadores encontraram vestígios, os quais é possível afirmar que o suspeito realizou as duas compras de forma fraudulenta, além de outras práticas delituosas”, observa o delegado regional.

Segundo Luiz Minas, para efetivar o pagamento, o investigado utilizava dados bancários de terceiros. “Como eram compras on-line, ele informava a numeração dos cartões”, explica. O delegado completa que o homem foi autuado em flagrante e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, ficando à disposição da Justiça. Divulgação: Por ASCOM-PCMG  30/11/2021  13h57

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.