Com 10 gols em finais pelo Flamengo, Gabigol revê sua vítima preferida

Gabigol também faz jus ao apelido que lhe deu fama internacional quando o assunto é decisão. Desde que chegou ao Flamengo, disputou 12 partidas distribuídas em finais de campeonato e marcou 10 gols. Média de 0,83 por jogo. Nesta quarta, no Maracanã, contra o Fluminense, ele começa mais uma em busca do inédito tetra estadual.

São três gols em Libertadores, mais três em Supercopas do Brasil, outros três em estaduais e um na Recopa Sul-Americana.

Gols em decisões estaduais em cima do Fluminense, sua maior vítima

Com gols marcados em praticamente todas as finais disputadas pelo Flamengo – só não fez no Mundial com o Liverpool -, Gabi só foi marcar em decisão estadual no ano passado, quando o clube conquistou seu último título. O rival é justamente o mesmo desta quarta-feira.

Fez três dos quatro gols rubro-negros contra o Fluminense. No primeiro jogo, abriu o placar do empate por 1 a 1 batendo pênalti. No derradeiro, fez outro em penalidade e um em chute cruzado: 3 a 1. (veja os gols abaixo)

O Fluminense, inclusive, é a maior vítima de Gabigol com a camisa do FlamengoForam sete gols em 13 Fla-Flus. O também tricolor Madureira e o Santos sofreram o mesmo número diante do 9 rubro-negro.

Em 2019, passou em branco nas duas finais com o Vasco, ambas vencidas por 2 a 0 pelo Flamengo. No ano seguinte, disputou apenas o primeiro jogo contra o Fluminense, não marcou na vitória por 2 a 1 e acabou expulso aos 48 do segundo tempo por retardar sua saída de campo, o que lhe tirou da finalíssima.

Glória eterna e uma frustração

Gabigol ergue a taça da Libertadores pelo Flamengo — Foto: Reprodução

Gabigol ergue a taça da Libertadores pelo Flamengo — Foto: Reprodução

Os dois primeiros gols de Gabigol em finais pelo Flamengo estão entre os mais importantes da história do clube. Foram marcados em 23 de novembro de 2019, quando, com uma virada espetacular por 2 a 1 sobre o River Plate, os rubro-negros conquistaram o bicampeonato da Libertadores da América.

O camisa 9 marcou aos 43 e aos 46 minutos do segundo tempo da partida, disputada em Lima.

Dois anos depois, o Flamengo voltou à decisão da competição mais importante do continente, desta vez em confronto nacional. Favorito, o time de Renato Gaúcho jogou muito mal e acabou derrotado por 2 a 1 pelo Palmeiras na prorrogação.

+ Contratações do Flamengo para 2022: veja quem chega, quem fica e quem vai embora do clube

Gols em todas as edições da Supercopa do Brasil desde 2020

De volta ao calendário do futebol brasileiro em 2020, a Supercopa do Brasil teve a presença do Flamengo em todas as edições desde então. E, para variar, teve gol do Gabigol em todas.

Em 2020, no dia 16 de fevereiro, no Mané Garrincha, o campeão brasileiro Flamengo atropelou o Athletico-PR, que vencera a Copa do Brasil do ano anterior. Vitória por 3 a 0. Bruno Henrique abriu, Gabi fez o segundo, e Arrascaeta fechou.

No ano seguinte, o Flamengo voltou à disputa como campeão brasileiro, e o adversário foi o Palmeiras, que ganhou a Copa do Brasil. Jogaço com empate por 2 a 2 e uma longa disputa por pênaltis vencida pelos rubro-negros. Gabriel fez o primeiro do Flamengo no tempo normal após linda jogada de Filipe Luís, e Diego Alves garantiu no desempate.

Em 2022, roteiro repetido, mas desta vez com sabor amargo para os flamenguistas. O Atlético-MG, assim como o Palmeiras, abriu o placar. Gabigol mais uma vez empatou em 1 a 1, e o duelo acabou em 2 a 2. Numa disputa por pênaltis ainda mais impressionante, o rubro-negro desperdiçou quatro chances de vencer o jogo e garantir o tricampeonato.

Recopa: um jogo, um gol

Expulso na final da Libertadores em que foi herói, Gabigol não pôde jogar a primeira partida da decisão da Recopa Sul-Americana de 2020, no Equador, onde Flamengo e Independiente del Valle empataram por 2 a 2.

Na partida de volta, no Maraca, Gabigol abriu os caminhos aproveitando-se de erro crasso de Segovia. Nem mesmo a expulsão de Willian Arão minutos depois atrapalhou o Flamengo. Vitória por 3 a 0, com Gerson fazendo os outros gols, e mais um título na conta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.