Governo de Minas investe R$ 4 milhões na Saúde em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha

Após o investimento recorde de R$ 9,5 bilhões na área da Saúde em 2021, o Governo de Minas Gerais continua ampliando os recursos para melhorar o atendimento aos mineiros. O governador Romeu Zema anunciou, nesta sexta-feira (8/4), em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, o repasse de R$ 4 milhões para aprimorar os serviços prestados à população e compra de equipamentos e de veículo de transporte de pacientes. O município já havia recebido no último ano R$ 12,5 milhões, valor seis vezes maior que a quantia repassada em 2018.

“Em 2018, Araçuaí recebeu do último governo de Minas, referente a repasses da saúde, R$ 2,1 milhões. Ano passado já elevamos esta quantia para R$ 12,5 milhões, valor seis vezes superior ao que o último governo passava a Araçuaí. E esta regra vale para todo o estado. Temos esta responsabilidade de repassar aos municípios aquilo que eles e sua população precisam”, afirmou o governador.

Com o último repasse realizado em março, foi concluído o investimento de R$ 1,2 milhão para que a construção da Unidade Básica de Saúde seja retomada. A obra começou em 2014, mas foi paralisada em 2016 por falta de repasse de recursos por parte do Estado. A expectativa é de que as obras sejam reiniciadas no segundo semestre de 2022, após o processo licitatório.

“Estamos repassando para a prefeitura os recursos para concluir a UBS do bairro São Francisco, que está parada há oito anos ou mais. O Hospital São Vicente de Paula também está recebendo um tomógrafo. Para a região do Jequitinhonha ficará um legado importantíssimo da pandemia. Até março de 2020, quando a pandemia começou, tínhamos aqui na região 22 leitos de UTI. Mas agora deixaremos implantados aqui na região cerca de 50 leitos, um avanço muito grande”, detalhou Zema.

O prefeito de Araçuaí, Tadeu Barbosa de Oliveira, destacou o trabalho do governo de Minas para efetivar os investimentos e levar o benefício para a população.

“Quando o governador anuncia a destinação dos recursos para a retomada das obras da UBS a gente vê a solução de um problema que poderia ter sido resolvido e não aconteceu antes. É a seriedade do governo Zema, no trato da coisa pública, que transforma recurso, que é o imposto, em serviço, em benefício para a população”, disse o prefeito.

Além de prefeitos, vereadores e lideranças da região, participaram do evento o deputado federal Igor Timo e o deputado estadual Gustavo Santana.

Demais investimentos

Pensando no conforto e segurança das pessoas que precisam se deslocar para fazer exames ou consultas especializadas fora de seu domicílio, o Governo do Estado irá investir R$ 218 milhões na compra veículos de Transporte Sanitário Eletivo. Araçuaí receberá um ônibus, no valor de R$ 285 mil, para essa finalidade.

Foi empenhado R$ 1,5 milhão para aquisição de tomógrafo para atender a vazios assistenciais no Hospital São Vicente de Paulo, em Araçuaí. O Hospital também teve um incremento no último ano de R$ 301 mil dentro do programa Valora Minas. Com isso, a unidade passou a receber anualmente R$ 2 milhões.

Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), o Valora Minas representa a reestruturação da antiga Política de Atenção Hospitalar do Estado, vigente desde 2003. A nova proposta leva em consideração as necessidades da população, corrigindo diferenças na aplicação de recursos entre as regiões.

O objetivo é ampliar o acesso e melhorar a qualidade do atendimento prestado à população, além de aumentar a oferta de leitos e serviços, principalmente nas especialidades de média complexidade.

Macrorregião

Desde o último ano, foram investidos cerca de R$ 65 milhões apenas na macrorregião de Jequitinhonha. A maior parte do recurso, cerca de R$ 30 milhões, foi destinado ao fortalecimento dos cuidados primários, como consultas médicas e odontológicas, de enfermagem, vacinas e saúde da família. O serviço é fundamental para a prevenção de doenças e ajuda a reduzir a demanda de casos mais complexos, que pressionam o sistema de saúde.  

Com o aporte de R$ 1,6 milhão, a região poderá retomar a obra em seis Unidades Básicas de Saúde (UBS). No último ano, já foram repassados R$ 643 mil para obra da UBS de Minas Novas. Em 2022, o Governo do Estado encaminhou R$ 1 milhão para as unidades em Araçuaí, Capelinha, Coluna, Couto de Magalhães de Minas e Francisco Badaró.

Foram empenhados, ainda, R$ 4,6 milhões para aquisição de três tomógrafos, para atender a vazios assistenciais em Araçuaí, Capelinha e Serro. Estão previstos também R$ 8 milhões para a compra de veículos de transporte sanitário eletivo, que atenderão 28 municípios. Desse total, já foram repassados R$ 558 mil.

Para a ampliação da Atenção Especializada em Doença Renal Crônica, o Governo de Minas pagou R$ 1,5 milhão, por meio de convênio, para equipamentos no Centro de Hemodiálise de Minas Novas e R$ 250 mil de incentivo para a unidade de hemodiálise daSanta Casa de Diamantina.

Com o objetivo de atender a demanda de cirurgias eletivas que ficou acumulada durante a pandemia, a região receberá R$ 1,7 milhão, por meio do Programa Opera Mais, Minas Gerais.

Além desses investimentos, a região recebeu R$ 18,3 milhões do programa Valora Minas – um acréscimo de R$ 6,6 milhões nos recursos do financiamento hospitalar, o que representa aumento de 57% se comparado a 2020.

MG-367

Pela manhã, o governador Romeu Zema acompanhou o início das obras de recuperação da MG-367, entre Araçuaí e Virgem da Lapa. A rodovia foi inserida no maior pacote de obras rodoviárias da última década, com R$ 2,1 bilhões em investimentos em 100 trechos, incluindo pavimentação, construção de pontes e recuperação funcional. Somente no Jequitinhonha, são 190 quilômetros de extensão, em oito empreendimentos, totalizando R$ 116,6 milhões.

“Fiz questão de visitar o início das obras da MG 367, principalmente neste trecho que se transformou em uma vergonha entre Araçuaí e Virgem da Lapa. As obras já estão acontecendo nesta rodovia que é de fundamental importância para a região do Vale do Jequitinhonha, que liga a região à capital e várias outras localidades”, disse Zema.

Trilhas de Futuro

Na noite de quinta-feira (7/4), também em Araçuaí, Romeu Zema participou de uma aula do projeto Trilhas de Futuro. Ele conversou com centenas de alunos do curso de enfermagem no Instituto Técinco Educacional Polivalente (ITEP), que ofereceu 320 vagas, atendendo a população de Araçuaí e região e teve todas as vagas preenchidas.

As inscrições para os cursos técnicos gratuitos pela 2ª edição do Trilhas de Futuro vão até 25/4. Serão oferecidas 40 mil vagas para 116 cursos em 97 cidades. Além da oferta de formação, os alunos inscritos estão recebendo ajuda de custo de transporte e alimentação.

A 1ª edição do Trilhas de Futuro, lançada em 2021, disponibilizou 75 mil vagas em 110 municípios mineiros, com mais de 50 opções de cursos técnicos. Ou seja, ao todo, nas duas fases, serão 115 mil vagas. O investimento é de R$ 1 bilhão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.