Dono de ferro-velho é preso em Delta por receptação de fios de cobre avaliados em mais de meio milhão de reais

O dono de um ferro-velho em Delta foi preso pela Polícia Civil na sexta-feira (8), por receptação de fios e cabos de cobre avaliados em R$ 600 mil. Os materias tinham sido roubados de empresas de Sacramento, no fim de março. A investigação que durou 10 dias foi realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Rurais de Uberaba e Delegacia Rural de AraxáVeja abaixo exemplo de lei criada para evitar este tipo de crime.

De acordo com a Polícia Civil, ao chegarem ao ferro-velho os investigadores identificaram vários fios de cobre já sem a proteção. Algumas vítimas dos furtos identificaram os materiais.

Durante a prisão, o homem de 31 anos negou o crime de receptação, mas disse que não teria como provar a origem dos fios. Ele foi preso em flagrante e todos os materiais apreendidos.

Prevenção ao furto

Para evitar o furto deste tipo de material, a Câmara de Uberlândia aprovou em outubro de 2021, um projeto de lei que prevê que estabelecimentos de comercialização de sucata, ferro-velho e reciclagem sejam obrigados a manter o registro das informações sobre a origem e do responsável pelo fornecimento dos fios, cabos, elementos de rede, equipamentos, materiais e artefatos provenientes de serviços de telefonia, mensagens telegráficas, transferência de dados ou fornecimento de energia elétrica comercializados.

O registro será efetuado de forma manual ou em sistema informatizado e deverá conter dados como nome, documento, telefone e endereço do fornecedor, bem como os dados de origem e quantidade do material adquirido. A lei foi sancionada pelo prefeito Odelmo Leão (PP) em 3 de novembro do ano passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.