‘Não vou dizer se está certo ou errado’, diz Bolsonaro sobre filho Renan

O presidente Jair Bolsonaro (PL) comentou, nesta quarta-feira (13/4), sobre as investigações a respeito do filho Jair Renan Bolsonaro, que prestou depoimento à Polícia Federal (PF) no último dia 7. A corporação apura a possível prática dos crimes de tráfico de influência e lavagem de dinheiro.

Bolsonaro alegou que o filho “vive com a mãe” e não sabe dizer se ele está certo ou errado. “O moleque tem 24 anos agora, acho que ninguém conhece ele, vive com a mãe, há muito tempo está longe de mim, mas recebo ele de vez em quando aqui. Tem a vida dele, não vou dizer se está certo ou se está errado, mas peço a Deus que o proteja. Mas isso é o tempo todo, é 24 horas por dia”, alegou durante café da manhã com pastores evangélicos no Palácio da Alvorada.

A Bolsonaro Jr Eventos e Mídia, empresa de Jair Renan, foi criada no fim do ano passado. A produtora que prestava serviços para o governo federal bancou a cobertura de fotos e vídeos na festa de inauguração do empreendimento.

A PF investiga se a empresa foi criada para promover articulações entre a Gramazini Granitos e Mármores Thomazini, grupo empresarial que atua nos setores de mineração e construção, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.
Outro ponto que chamou atenção dos investigadores foi que o grupo empresarial, que tem interesses junto ao governo federal, presenteou Jair Renan e o empresário Allan Lucena, um dos parceiros comerciais do filho do presidente, com um carro elétrico avaliado em R$ 90 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.