Operação contra o tráfico de drogas é realizada em cidades do Triângulo e Noroeste de MG

Uma ação de combate ao tráfico de drogas sintéticas é realizada na manhã desta terça-feira (19) em 5 cidades do Triângulo Mineiro e Noroeste de Minas Gerais. A ação foi deflagrada pela Polícia Civil e foi batizada de Operação “Overdose”.

De acordo com o delegado-chefe da Polícia Civil, Marcos Tadeus de Brito Brandão, a operação cumpre 7 mandados de busca e apreensão em UberlândiaAraguariFrutalItuiutaba e Paracatu. Destas, 5 foram cumpridas em presídios do estado e outras duas em Uberlândia e Araguari.

“A Operação ‘Overdose’ é reflexo de trabalho investigativo realizado há vários meses pelo setor de inteligência da Polícia Civil, que apurou como a droga é comercializada nestas cidades”, disse Brandão.

Ao todo, 9 pessoas foram presas. Em Uberlândia, uma pessoa do sexo masculino, que não teve a idade informada, foi presa com MDMA, uma substância utilizada na fabricação do ecstasy. Uma pessoa do sexo feminino, que também não teve a idade informada, foi presa com uma porção de maconha.

Ainda conforme Brandão, foram apreendidos cerca de 1.000 comprimidos de ecstasy. Além disso, a Justiça decretou a indisponibilidade de R$ 640 mil em bens ligados ao grupo criminoso.

“Nosso objetivo é desarticular todo o grupo criminoso. Quando a gente combate o tráfico de drogas, combatemos simultaneamente diversos outros crimes praticados na sequência”, concluiu o delegado.


Investigações

As investigações tiveram início após a apreensão de significativa quantidade de drogas sintéticas, em maio de 2021, na cidade de Paracatu. Durante a apuração, foram identificados 13 integrantes de uma organização criminosa responsável pelo abastecimento de drogas sintéticas nos municípios de ParacatuUberlândiaAraguariItuiutaba e Frutal.

A investigação apontou, ainda, que grande parte das remessas dos entorpecentes era realizada via Correios e transportadoras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.